quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Agosto para mim sempre foi uma espécie de pré-Janeiro, uma preparação para um recomeço...
Nos tempos de escola, como filha única que morava no meio do pinhal longe dos colegas de escola, o Verão significava uma longa e ansiada espera pelo início do novo ano letivo. Gostava especialmente de ir buscar os livros novos, comprar cadernos e canetas novas a estrear e sentir o gosto da expetativa do que aí viria, as novas aventuras, as novas pessoas, as novas aprendizagens, a nova idade...
Hoje em dia, é em Agosto que gosto de preparar o novo ano e este é especial porque marca o início de um novo caminho. Tenho tido o privilégio de aprender sempre mais em cada nova etapa profissional e escolhi mudar novamente de direção, rumo a mais e melhores aprendizagens pessoais e profissionais. Não foi fácil libertar-me dos medos e indecisões de partir para uma aventura em que só dependo de mim própria, depois de uma década com a segurança de saber que teria trabalho certo no dia seguinte. Hoje não sei, mas confio. Quero ter em mim, apenas por hoje, a confiança renovada de que com esforço e dedicação alcançarei o que preciso para me sentir em paz e estar disponível com serenidade para a minha família. E que a cada dia que venha possa encontrar de novo este sentimento. Sei, tenho a certeza, de que em alguns dias questionarei as minhas decisões, irei colocar em questão se a instabilidade se ajusta ao que quero para a minha vida, mas irei procurar novamente a tranquilidade de confiar em mim.

Enviar um comentário